ESTUDO E ADEQUAÇÃO DE ESPAÇO DE INTERIORES PARA CAFETERIA

Autores

  • Pedro da Rosa Silveira Faculdade CESUSC
  • Letícia Barause Faculdade CESUSC
  • Cristiana Trichez Faculdade CESUSC

Resumo

A autonomia implica na possibilidade de realização plena do indivíduo. Para que esta possibilidade seja alcançada, diferentes barreiras precisam ser superadas. Tais barreiras podem ter relação com questões físicas, cognitivas e/ou sensoriais. No que se refere ao Design de Interiores, a preocupação com a inclusão torna-se uma questão de responsabilidade profissional. Uma vez que as pessoas passam a maior parte de suas vidas em espaços internos, projetar tais espaços de forma a proporcionar autonomia para toda a diversidade humana deve ser um compromisso. Além da autonomia, também a segurança e o conforto dos indivíduos durante a execução de tarefas ou participação em atividades variadas precisa ser garantida. Visando promover estas discussões, bem como, educar o olhar dos futuros profissionais para as necessidades de todos os tipos de pessoas, o Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores possui a disciplina Design Inclusivo. Esta disciplina divide-se em dois momentos: uma parte teórica onde os conceitos e legislações pertinentes ao tema são debatidos e uma parte prática onde os estudantes são estimulados a analisar e propor soluções para espaços interiores. Neste semestre, a porção prática desta disciplina foi sistematizada no Projeto de Pesquisa Diagnóstico de Acessibilidade em Espaços de Uso Coletivo cujos resultados estão sendo apresentados na Jornada de Integração e Iniciação Científica da Faculdade Cesusc.

Downloads

Publicado

29/01/2020

Como Citar

Silveira, P. da R. ., Barause, L. ., & Trichez, C. . (2020). ESTUDO E ADEQUAÇÃO DE ESPAÇO DE INTERIORES PARA CAFETERIA. CADERNOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 4(1). Recuperado de https://cesuscvirtual.com.br/index.php/CIC-CESUSC/article/view/466

Edição

Seção

Pôsteres - Design de Interiores

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)