REFLEXÕES SOBRE AS JORNADAS DE 2013 E SUAS RAMIFICAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

PLURALISMO JURÍDICO, MOVIMENTOS SOCIAIS E SUJEITOS COLETIVOS EM DISPUTA

Autores

  • Bruna Gonçalves Novaki Faculdade CESUSC
  • Camila Brolese Favarin Faculdade CESUSC
  • Sergio Roberto Lema Faculdade CESUSC

Resumo

O artigo busca analisar as manifestações de 2013 no Brasil e suas três principais ramificações desdobrando-se nos movimentos sociais contemporâneos. A pesquisa tem por escopo verificar se os protestos protagonizados por movimentos sociais em 2013 podem ser considerados como marco inicial para uma ramificação em manifestações divididas em três blocos distintos. Quais acontecimentos ensejaram a reconfiguração para a divisão atual. Observar a existência de sujeitos coletivos de direito e se é possível verificar evidências de pluralismo jurídico no contexto político-social da história recente do Brasil. Observar o avanço dos movimentos sociais de direita e de extrema direita. Analisar os reflexos das ramificações no golpe contra a presidente da República Federativa do Brasil Dilma Rousseff no ano de 2016 e a continuidade nos acontecimentos posteriores.

Downloads

Publicado

11/11/2019

Como Citar

Novaki, B. G. ., Favarin, C. B. ., & Lema, S. R. . (2019). REFLEXÕES SOBRE AS JORNADAS DE 2013 E SUAS RAMIFICAÇÕES CONTEMPORÂNEAS: PLURALISMO JURÍDICO, MOVIMENTOS SOCIAIS E SUJEITOS COLETIVOS EM DISPUTA. CADERNOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 4(1). Recuperado de https://cesuscvirtual.com.br/index.php/CIC-CESUSC/article/view/431

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)