DEFICIÊNCIA VISUAL: DIAGNÓSTICO DE ACESSIBILIDADE

  • Giovanna Barcellos Panerai Faculdade CESUSC
  • Janaina Zimmer Faculdade CESUSC
  • Monique Camilli Becker Faculdade CESUSC
  • Priscilla Oliveira Athaydes Faculdade CESUSC
  • Raquel Cristina Emilio Faculdade CESUSC
  • Sofia Reckziegel Ouriques Faculdade CESUSC
  • Paola Beatriz May Rebollar Faculdade CESUSC

Resumo

Acessibilidade segundo a Norma NBR 9050 é a possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para utilização, com segurança e autonomia de espaços públicos e particulares, principalmente os de uso coletivo. É a possibilidade de qualquer pessoa, independente de suas características fazer bom uso de todos os locais, transportes, dos meios de comunicação e também da tecnologia atual, independente de possuir deficiência ou mobilidade reduzida (ABNT, 2015). Dentro do conceito abordado está contido o acesso a locais privados de uso coletivo, assim como é a Faculdade CESUSC. Uma instituição de ensino possui o dever de ser acessível a todos, inclusive a pessoas com necessidades especiais no que se refere a mobilidade, cognição e sentidos. Por contar com uma ampla estrutura, a CESUSC precisa estar bem sinalizada e possuir um fluxo intuitivo para os principais locais de uso dos alunos. É inclusive uma questão ética na sociedade brasileira, o direito que todos possuem de frequentar determinado local de forma segura, autônoma e confortável. Faz parte da construção da cidadania todos sentirem-se incluídos e participantes de qualquer atividade que deseje exercer, tanto no trabalho, na escola e no lazer. Habitar é também fazer parte de uma comunidade local, de espaços e pessoas. Não é porque possui uma deficiência que o indivíduo precisa ser estar isolado (CAMBIAGHI, 2012; SIMÕES et. al, s.d.).
Publicado
2018-10-14
Seção
Pôsteres - Design de Interiores